São Paulo: (+55 11) 3845.0802

Pré-agende sua
consulta:

eReaders podem alterar o ritmo de sono-vigilia

O uso de eReaders que emitem luz, pouco antes de ir dormir, pode alterar o ritmo de sono-vigília da pessoa. Cientistas dos EUA chegaram a essa conclusão em um estudo publicado na revista PNAS. A secreção de melatonina foi significativamente reduzida durante a leitura.

Para o estudo, que foi conduzido pela Universidade de Harvard, em Boston (Massachusetts), foi pedido a doze adultos jovens que lessem livros impressos e livros digitais antes de dormir sob condições controladas. Durante cinco noites consecutivas, os participantes leram eBooks e, durante mais cinco noites consecutivas, eles leram livros impressos. O período de leitura durou quatro horas todas as vezes, das 18h até as 22h. Em seguida a luz foi desligada até as 6h, quando os participantes foram acordados. Houve um dia de intervalo entre as duas fases.

O estudo demonstrou que os sujeitos do estudo que usaram eReaders levaram, em média, dez minutos a mais para conseguir dormir. Adicionalmente, suas fases REM foram aproximadamente doze minutos mais curtas e eles se sentiram significativamente mais sonolentos na manhã seguinte. A diferença na secreção de melatonina foi particularmente evidente. Dentre os participantes usando eReaders, a secreção foi 55 por cento menor. Após cinco noites com quatro horas de leitura usando dispositivos digitais, o relógio circadiano dos participantes foi retardado em uma média de 1,5 horas.

Estudos anteriores também indicaram que a luz de ondas curtas (azul) atua como um sinal de alerta em humanos, resultando na supressão do sono e na redução da secreção do hormônio do sono pelo corpo, disseram os pesquisadores.

Nossos resultados confirmam que a luz elétrica ao qual somos expostos entre o pôr do sol e a hora em que vamos dormir apresenta amplos efeitos biológicos, disseram os autores sob a liderança de Anne-Marie Chang. Contudo, eles chamaram atenção para o fato de que a luz dos eReaders estava acesa na potência máxima, enquanto os participantes usavam uma luz suave na leitura dos livros impressos.